Facebook

Teses e Dissertações


2019


Aluno:Pedro Augusto Crespo da Silva

Título: Simultaneidade de fatores de risco comportamentais à saúde em estudantes de uma universidade pública do sul do Brasil

E-mail:pedroacrespo@hotmail.com

Área de concentração:

Orientador:Fernando Wehrmeister

Banca examinadora:Bruno Pereira Nunes e Inácio Crochemore Mohnsan da Silva

Data defesa:24/01/2019

Palavras-chave:

CRESPO DA SILVA, Pedro Augusto. Simultaneidade de fatores de risco comportamentais à saúde em estudantes de uma universidade pública do sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) – Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.

Este estudo faz parte do Consórcio de Pesquisa 2017/2018 do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Foi realizado um estudo transversal, do tipo censo entre os meses de novembro de 2017 a julho de 2018 com universitários do primeiro ano da UFPel (n=1.716). Com o objetivo de verificar a ocorrência simultânea de fatores de risco comportamentais à saúde de universitários, foram coletadas informações sobre quatro desfechos: inatividade física, comportamento sedentário, tempo inadequado de sono e tabagismo. Foram considerados inativos aqueles que relataram menos de 150 minutos de atividade física por semana e sedentários aqueles que relataram dispender pelo menos cinco horas por dia em frente a uma tela de equipamento eletrônico. Apresentaram tempo inadequado de sono estudantes que informaram dormir menos de sete horas por dia, e tabagistas aqueles que responderam ter fumado pelo menos um cigarro por dia no último mês. Mais de 80% dos universitários apresentaram pelo menos um fator de risco, sendo tempo inadequado de sono o mais prevalente (45,2%). Para a análise de simultaneidade foi utilizada uma abordagem de cluster, que consiste na razão dos valores observados pelos valores esperados para cada agrupamento de fatores detectado. Foi considerado cluster quando a razão observado/esperado foi maior que 1 e o intervalo de confiança de 95% não compreendeu a unidade. Apenas dois clusters foram identificados na amostra geral: somente tempo inadequado de sono (O/E = 1,15; IC 95% 1,04; 1,27) e Inatividade física simultaneamente ao comportamento sedentário (O/E = 1,24; IC 95% 1,09; 1,41). Os resultados sugerem uma homogeneidade quanto a simultaneidade dos fatores de risco estudado. Foram observadas altas prevalências e estas não devem ser negligenciadas, dado que universitários são uma população expostas diversos fatores de risco e que podem ter efeitos sinérgicos. No presente volume constam: I) projeto de pesquisa; II) modificações do projeto de pesquisa; III) relatório de trabalho de campo; IV) artigo original; V) nota para imprensa e VI) anexos e apêndices, onde estão inseridos os seguintes itens: i) protocolo de aceite do comitê de ética em pesquisa; ii) normas para publicação e iii) termo de consentimento livre e esclarecido. O artigo original produzido será submetido ao periódico “Cadernos de Saúde Pública”.

Palavras-chave: simultaneidade; fatores de risco; universitários; epidemiologia.


Abstract

CRESPO DA SILVA, Pedro Augusto. Cluster of behavioral risk factors for health in students from a public university of southern Brazil. Dissertation (Master’s Degree in Epidemiology) – Postgraduate Program of Epidemiology, School of Medicine, Federal University of Pelotas, 2019.

This study is part of the 2017/2018 Research Consortium of the Postgraduate Program in Epidemiology of the Federal University of Pelotas (UFPel). A cross-sectional, census-type study was carried out between November 2017 and july 2018 with freshmen from UFPel (n=1.716). In order to verify the clustering of risk factors, information on four outcomes was collected: physical inactivity, sedentary behavior, inadequate sleep time and smoking. Those who reported less than 150 minutes of physical activity per week were considered inactive, and those who reported spending at least five hours a day in front of an electronic screen were considered sedentary. Students who sleep less than seven hours a day were considered with inadequate sleep time, and smokers those that smoke at least one cigarette a day in the last month. To verify the clustering of risk factors, a cluster approach was used, which consists of the ratio between observed and expected values for each possible combination. It was considered cluster when the observed / expected ratio was greater than 1 and the 95% confidence interval did not comprise the unit. Only two clusters were identified in the general sample: inadequate sleep time only (O/E = 1.15; IC 95% 1.04; 1.27) and physical inactivity + sedentary behavior (O/E = 1.24; IC 95% 1.09; 1.41). More than 80% of college students presented at least one risk factor, with inadequate sleep time being the most prevalent (45.2%). The results suggest a homogeneity regarding the occurrence of simultaneity in risk factors. High prevalence was observed and these should not be neglected, since undergrad students are exposed to several risk factors whose may have synergistic effects. This volume includes: I) research project; II) modifications of the research project; III) field work report; IV) original article; V) press release and VI) attachments and appendices, where the following items are inserted: i) protocol of acceptance of the research ethics committee; ii) rules for publication e iii) informed consent form of the study. The original paper produced will be submitted to the journal "Cadernos de Saúde Pública".

Keywords: risk behavior; students; university; epidemiology.


Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia - Centro de Pesquisas Epidemiológicas