Facebook

Teses e Dissertações


2019


Aluno:Rosalia Garcia Neves

Título: Aten√ß√£o √† pessoa com diabetes e/ou hipertens√£o na rede b√°sica de sa√ļde: Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ)

E-mail:rosaliagarcianeves@gmail.com

Área de concentração:

Orientador:Elaine Tomasi

Banca examinadora:Juvenal Soares Dias da Costa, Maria Aurora Dropa Chrestani Cesar e Luiz Augusto Facchini

Data defesa:27/02/2019

Palavras-chave:

Essa tese teve como objetivo avaliar a aten√ß√£o √† pessoa com diabetes e/ou hipertens√£o, por meio da estrutura das unidades b√°sicas de sa√ļde (UBS), processo de trabalho dos profissionais e aten√ß√£o referida pelos usu√°rios, fazendo a compara√ß√£o entre caracter√≠sticas dos indiv√≠duos, munic√≠pios e de acordo com a participa√ß√£o das equipes nos ciclos I e II do PMAQ. No primeiro artigo foi avaliada a estrutura (materiais, medicamentos e f√≠sica) das UBS, em 2012 e 2014, para aten√ß√£o √†s pessoas com diabetes. Todos os medicamentos investigados mostraram um aumento de mais de 10 pontos percentuais entre os anos. Em 2014, houve aumento nas UBS com estrutura adequada de materiais, medicamentos e f√≠sica. Os munic√≠pios com mais habitantes, melhor √ćndice de Desenvolvimento Humano (IDH) e menor cobertura de Estrat√©gia de Sa√ļde da Fam√≠lia (ESF) apresentaram maiores preval√™ncias de UBS adequadas. O segundo artigo teve como intuito avaliar a aten√ß√£o √†s pessoas com diabetes e hipertens√£o, por meio do processo de trabalho das equipes e aten√ß√£o referida pelos usu√°rios. Pouco mais de um ter√ßo das equipes apresentaram organiza√ß√£o adequada e cerca de nove a cada dez equipes solicitaram todos os exames investigados. Mais de 85% dos usu√°rios referiram ter tido sua press√£o arterial aferida e realizado glicemia em jejum e 31% tiveram seus p√©s examinados nos √ļltimos seis meses. Menos de um quinto recebeu uma aten√ß√£o adequada. No geral, as equipes participantes dos ciclos I e II mostraram maiores preval√™ncias de organiza√ß√£o e solicita√ß√£o de exames adequados quando comparadas com as participantes somente do ciclo II. No terceiro artigo foi avaliada a aten√ß√£o oferecida ao idoso com diabetes e suas desigualdades, em 2013. Foi encontrado que 35% e 42% tiveram seus olhos e p√©s examinados no √ļltimo ano, respectivamente. Cerca de um a cada dez referiram o recebimento de todos os indicadores. Foram evidenciadas desigualdades, sendo que idosos com maior n√≠vel socioecon√īmico apresentaram maiores preval√™ncias de recebimento dos indicadores em rela√ß√£o aos com menor n√≠vel socioecon√īmico.

Palavras-chave: Diabetes Mellitus; Hipertens√£o; Pesquisa sobre Servi√ßos de Sa√ļde; Avalia√ß√£o de Programas e Projetos de Sa√ļde; Aten√ß√£o Prim√°ria √† Sa√ļde.


Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia - Centro de Pesquisas Epidemiológicas