Facebook

Teses e Dissertações


2017


Aluno:Ana Paula Santana Coelho Almeida

Título: Acesso e utiliza├ž├úo de servi├žos de sa├║de entre idosos brasileiros: inqu├ęrito epidemiol├│gico nacional

E-mail:

Área de concentração:

Orientador:Luiz Augusto Facchini

Banca examinadora:Anaclaudia Fassa, Juraci Cesar e Nagela Cade.

Data defesa:11/04/2017

Palavras-chave:

O acesso aos servi├žos de sa├║de representa um importante componente na avalia├ž├úo do desempenho de um sistema de sa├║de tendo em vista que ├ę um fator fundamental no processo de busca e obten├ž├úo do cuidado. V├írios fatores est├úo envolvidos na determina├ž├úo dos padr├Áes de acesso com destaque para as quest├Áes pol├şticas do sistema de sa├║de, fatores econ├┤micos, aspectos relativos ├á organiza├ž├úo do sistema no territ├│rio e fatores relacionados ├ás caracter├şsticas do usu├írio. Alguns autores desenvolveram modelos te├│ricos a fim de explicar e identificar os fatores envolvidos nesse processo. Os estudos anal├şticos observacionais concentram-se na utiliza├ž├úo dos servi├žos de sa├║de, analisando o acesso realizado. N├úo obstante, estudos que visem mensurar e avaliar as vari├íveis envolvidas na falta de acesso aos servi├žos de sa├║de s├úo escassos. Dessa forma, pretende-se avaliar o acesso aos servi├žos de sa├║de em uma amostra de idosos brasileiros. Para tanto, ser├úo utilizados os dados de um estudo mais amplo, que investigou o acesso e qualidade da rede de sa├║de no Brasil, o qual se constituiu em um estudo transversal de base populacional com uma amostra de 6625 idosos, residentes em ├íreas urbanas de 100 munic├şpios de 23 estados brasileiros. Para descrever o acesso aos servi├žos de sa├║de ser├úo analisadas vari├íveis relacionadas ├á falta de acesso, utiliza├ž├úo de servi├žos de sa├║de, natureza p├║blica ou privada do servi├žo, tempo de espera, gasto, encaminhamentos e satisfa├ž├úo do usu├írio. Espera-se que o estudo forne├ža evid├¬ncias que auxiliem gestores e profissionais de sa├║de na melhoria do acesso dos usu├írios aos servi├žos de sa├║de, principalmente do SUS.


Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia - Centro de Pesquisas Epidemiológicas