Facebook

Teses e Dissertações


2002


Aluno:Maria Cecília Formoso Assunção

Título: Fatores relacionados ao controle do diabetes mellitus em pacientes atendidos na rede de aten√ß√£o prim√°ria √† sa√ļde

E-mail:mcassuncao@epidemio-ufpel.org.br

Área de concentração:Epidemiologia

Orientador:In√° da Silva dos Santos

Banca examinadora:Iná da Silva dos Santos (Presidente), Aluísio J. D. Barros (UFPEL), Marly Cardoso (USP), Bernardo Lessa Horta (UCPEL), Maria Inês Schmidt (UFRGS)

Data defesa:05/08/2002

Palavras-chave:Diabetes Mellitus, Cuidados Prim√°rios de Sa√ļde, Avalia√ß√£o de Processos

DIABETES MELLITUS TIPO 2 E DIETA : LI√á√ēES APRENDIDAS ATRAV√ČS DO UNITED KINGDOM DIABETES PROSPECTIVE STUDY (UKPDS) Introdu√ß√£o: com o objetivo de reunir as evid√™ncias dispon√≠veis sobre o efeito da terapia diet√©tica no controle metab√≥lico do paciente diab√©tico tipo 2, foi realizada uma revis√£o da literatura. Somente ensaios cl√≠nicos foram rastreados. M√©todos: atrav√©s de revis√£o sistem√°tica de literatura verificou-se que apenas o United Kingdom Prospective Diabetes Study (UKPDS) caracterizou-se como um ensaio cl√≠nico aleatorizado que acompanhou um n√ļmero significativo de pacientes e analisou o efeito da terap√™utica diet√©tica sobre o controle cl√≠nico e preven√ß√£o da morbimortalidade no diabetes tipo 2. Sendo assim, este artigo foi baseado nas publica√ß√Ķes oriundas deste ensaio cl√≠nico. Foi efetuada uma busca de artigos que referissem a sigla ‚ÄúUKPDS‚ÄĚ ou o nome por extenso do estudo. Foram encontrados 101 artigos, sendo que 32 eram publica√ß√Ķes do grupo executor do ensaio cl√≠nico propriamente dito e, os restantes eram artigos em que o UKPDS era citado como refer√™ncia. Resultados: das 32 publica√ß√Ķes encontradas, 10 abordavam diretamente o papel do tratamento diet√©tico no controle da glicemia, da lipemia e da fun√ß√£o renal em pacientes diab√©ticos. Discuss√£o: o tratamento intensivo (dieta mais medicamento) foi, no m√≠nimo, duas vezes mais efetivo do que o tratamento convencional (somente dieta) na redu√ß√£o dos √≠ndices glic√™micos. A terap√™utica diet√©tica mostrou resultados positivos na redu√ß√£o de n√≠veis de lip√≠dios s√©ricos e de metab√≥litos marcadores de disfun√ß√£o renal. Palavras-chave: diabetes mellitus tipo 2; dietoterapia; glicemia; revis√£o de literatura

Avalia√ß√£o do processo da aten√ß√£o m√©dica: adequa√ß√£o do tratamento de pacientes com diabetes mellitus, Pelotas, RS. Com objetivo de avaliar a adequa√ß√£o do manejo de pacientes diab√©ticos, durante o ano de 1998 foram entrevistados em domic√≠lio, pacientes atendidos nos postos de sa√ļde da zona urbana de Pelotas, RS, Brasil. Coletaram-se informa√ß√Ķes relativas a caracter√≠sticas da doen√ßa e do tratamento dos mesmos. Analisou-se o tratamento do diabetes mellitus em tr√™s componentes: realiza√ß√£o de dieta, atividade f√≠sica e tratamento medicamentoso. Verificou-se que 76% dos entrevistados receberam orienta√ß√Ķes diet√©ticas, por√©m apenas metade desses as seguiram nos √ļltimos quinze dias. Dos 75% dos pacientes que receberam orienta√ß√Ķes sobre exerc√≠cios f√≠sicos, apenas um ter√ßo praticou algum tipo de atividade no √ļltimo m√™s. Dos 377 entrevistados, 289 (77%) utilizavam algum tipo de medicamento. Grande parte dos usu√°rios de hipoglicemiantes orais apresentavam alguma contra-indica√ß√£o ao seu uso. Discutiu-se a necessidade de qualificar a ader√™ncia dos profissionais de sa√ļde √†s recomenda√ß√Ķes de manejo do diabetes. Palavras chave: Diabetes Mellitus, Cuidados Prim√°rios de Sa√ļde, Avalia√ß√£o de Processos

CHARACTERISTICS ASSOCIATED TO HYPERGLYCEMIA IN DIABETES PATIENTS SEEN IN PRIMARY HEALTH CARE CENTERS OBJECTIVE: To determine factors associated to the occurrence of hyperglycemia in diabetic patients seen in primary health care. RESEARCH DESIGN AND METHODS: 372 diabetic patients consulted the 32 health centers of the primary health care network in Pelotas, southern Brazil, between May and December 1998. Socioeconomic, demographic, and anthropometric information, as well as information related to the disease, its treatment, medical care characteristics, and health facility structure were collected by means of home interviews. The latter were also obtained through patient record auditing and through interviews with the physicians and facility administrators. Capillary blood glucose and blood pressure were measured for these patients. RESULTS: The prevalence of hyperglycemia (>10 mmol/L) was of 50.5%. Multivaried analysis (multilevel method) showed that patients whose Body Mass Indexes (BMIs) were below 27 kg/m2 (Odds Ratio [OR] = 1.72; 95%CI 1.09-2.70), patients on oral hypoglycemic agents or insulin (OR = 2.56; 95%CI 1.49-4.34) and patients diagnosed as diabetic over 5 years prior to the interview (OR = 1.69; 95%CI 1.09-2.63) had a greater probability of presenting hyperglycemia when compared to overweight or obese patients, non oral hypoglycemic agents or insulin users, or patients diagnosed less than 5 years prior to the interview, adjusted for age, family income and fasting time. CONCLUSIONS: Considering the hierarchical structure of data, all associations found suggest that factors associated to hyperglycemia are related to patient-level characteristics. Other studies, dealing with the healthcare process in a more profound way, are necessary.

 


Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia - Centro de Pesquisas Epidemiológicas