Facebook

Teses e Dissertações


2010


Aluno:Carolina Avila Vianna

Título: Prevalência do uso de Ácido Acetilsalicílico (AAS) como prevenção de doenças cardiovasculares na cidade de Pelotas, RS

E-mail:

Área de concentração:Epidemiologia

Orientador:Alicia Matijasevich

Banca examinadora:Andrea Homsi Dâmaso - UFPel; Marcelo Fernandes Capilheira - UFPel

Data defesa:28/10/2010

Palavras-chave:Consumo de medicamentos; Doenças cardiovasculares; AAS

Realizou-se em Pelotas, entre os meses de janeiro a maio de 2010, um estudo sobre uso de ácido acetilsalicílico, mais conhecido como AAS ou aspirina, na prevenção das doenças cardiovasculares, como o infarto e a isquemia.
A pesquisa foi conduzida pela médica cardiologista Carolina Avila Vianna, sob orientação da Profa. Alicia Matijasevich Manitto, através do programa de pós-graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Foram entrevistadas 2732 pessoas, com idade igual ou superior a 20 anos, em seus domicílios nos diferentes bairros da cidade.
De acordo com a literatura médica, é indicado o uso do AAS em pessoas com mais de 40 anos, diabéticas, portadoras de pressão e/ou colesterol altos, na prevenção primária do infarto ou isquemia. Em indivíduos que já tiveram estas doenças, deve ser usado como prevenção secundária, ou seja, para evitar novos eventos cardiovasculares. No entanto, a pesquisa demonstrou que das pessoas com indicação de uso de AAS na prevenção primária, apenas 25% realmente estavam usando a medicação, enquanto naquelas com indicação de uso na prevenção secundária, 34% usavam o medicamento.
Não se sabe ao certo as razões para o baixo consumo de AAS, mas seja por falta de prescrição e orientação médica ou por abandono do tratamento pelos pacientes, os autores acreditam que campanhas de prevenção das doenças cardiovasculares, bem como orientação sobre a importância do uso correto do medicamento devam ser intensificadas.


Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia - Centro de Pesquisas Epidemiológicas